Voos do Brasil aos EUA passam a ter segurança reforçada
Aeroportos Notícias  /  julho 24, 2017
Voos do Brasil aos EUA passam a ter segurança reforçada

O sistema de segurança cada vez mais rigoroso para entrar nos Estados Unidos chegou ao Brasil. O governo de Donald Trump, através da TSA (Transportion Security Administration), exigiu que certas medidas fossem adotadas no embarque de passageiros em voos provenientes de todas as cidades do país. Com isso, a partir da última quinta-feira (20), todos os voos com destino aos Estados Unidos passaram a ter segurança reforçada.

A informação foi divulgada pela Anac e mostra que haverá uma ampliação da inspeção dos pertences dos passageiros na porta das aeronaves, procedimento que já vinha ocorrendo anteriormente, mas que agora será intensificado com foco em aparelhos eletrônicos portáteis.

Os passageiros que recusarem a inspeção de segurança em seus pertences podem ser impedidos de embarcar nos voos para os Estados Unidos. Os operadores aéreos foram informados antecipadamente sobre a entrada em vigor desse reforço de segurança, com o intuito de planejarem a execução desses procedimentos de forma a minimizar eventual impacto na pontualidade dos voos.

Em nota, a Anac informa que “essa não é uma medida estabelecida pela Agência Nacional de Aviação Civil, a quem cabe instituir normas de segurança a serem observadas nos aeroportos situados em solo brasileiro. Entretanto, autoridades de outros países podem impor exigências e condicionantes para companhias aéreas que realizem operações com destino aos seus territórios nacionais, desde que não violem a legislação brasileira.”

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*


@diariodeaviacao
EnglishPortuguese