Oportunidades da aviação na região Norte
Empresas Aéreas Notícias  /  novembro 2, 2017
Oportunidades da aviação na região Norte

Os desafios e oportunidades da aviação na região Norte serão discutidos nesta quarta-feira (01), na Feira Internacional de Negócios e Tecnologia (FINIT), que ocorre em Belo Horizonte/MG. O tema será apresentado no Fórum Aeroespacial 2017, evento que faz parte da programação, tendo como palestrante o vice-presidente da MAP Linhas Aéreas, Marcos Fernandes Pacheco.

A FINIT, que engloba várias áreas relacionadas a negócios, tecnologia e inovação, começa nesta terça-feira (31) e segue até sábado (04). O evento reúne representantes de startups, empresas, estudantes, pesquisadores e profissionais de áreas diversas.
Segundo Marcos Pacheco, trata-se de uma oportunidade importante, para apresentar o potencial de negócios da região, fazer contatos e buscar parcerias futuras.

Dentre as questões que irá abordar, ele destacará os desafios que são enfrentados pelas companhias que operam na Amazônia.

“A região possui peculiaridades que precisam ser levadas em consideração”, afirma. A estrutura aeroportuária da região é um exemplo.
Marcos Pacheco explica que, atualmente, as regras aplicadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) são comuns a todos os aeroportos, independente do tamanho e da cidade em que estão localizados. “São regras bastante rígidas e que, devido à falta de infraestrutura dos aeroportos da região, acabam por dificultar a operação. Existem locais no Amazonas onde não é possível fazer voos diários”, ressaltou.

De acordo com Marcos Pacheco, esses e outros fatores, como a distância geográfica da região, acabam por interferir também no preço das tarifas aéreas. Apesar dos desafios, ele considera que as oportunidades de exploração do turismo na região são imensas e muito pouco aproveitadas.

O Amazonas recebeu em 2014, cerca de 1,2 milhão turistas. “O número é significativo e vem apresentando evolução, mas ainda há muito a ser explorado”, frisou.

A MAP é hoje, a sexta maior companhia brasileira de aviação. A empresa mantém voos regulares para 14 municípios dos estados do Amazonas e do Pará. Possui uma frota de três aeronaves modelo ATR 42, com capacidade para transportar 40 passageiros, e dois aviões ATR 72, para até 66 pessoas.

Sobre a MAP – A MAP Linhas Aéreas é uma empresa amazonense, com 04 anos de atuação na região Norte. Com quase 300 funcionários diretos, a MAP transporta por ano mais de 140 mil passageiros, para 14 cidades do Amazonas e Pará. Reconhecida como a sexta maior companhia aérea brasileira, a empresa é a única a operar no interior do Amazonas.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*


@diariodeaviacao
EnglishPortuguese